sábado, 11 de abril de 2015

A história do boato envolvendo o “Tourist guy”: fato ou farsa?!

Logo depois do pior atentado terrorista da história, contra os Estados Unidos, ocorrido em 11 de setembro de 2001, que ocasionou na derrubada das torres do World Trade Center, em Nova York, surgiram vários boatos e teorias da conspiração envolvendo até mesmo o nome do governo norte-americano como suposto comandante desta barbárie contra a sociedade civil. Recentemente, aqui no blog, falamos sobre as teorias conspiratórias envolvendo este atentado terrorista em outro post – que vale a pena ser conferido.


O mais interessante é surgiu uma foto (imagem abaixo) do momento iminente do atentado terrorista em Nova York contra a primeira das Torres Gêmeas. Essa imagem se espalhou pelo mundo e chegou a aparecer em telejornais de vários países como a iminência de uma grande tragédia, de uma pessoa supostamente sem nome – mais um dos mais de três mil “anônimos” que perderam suas vidas neste atentado terrorista.


O rapaz da imagem passou a ser conhecido como “Tourist guy”, ou “Tourist of death”, e comprovou-se ser uma lenda urbana surgida na internet logo após os ataques de 11 de setembro. Investigadores de boatos na internet identificaram que a foto havia sido tirada em 1999, e o rapaz da foto, que não quis se expor, se chamava Waldo e estava vivo, estando a centenas quilômetros de distância de Nova York no dia dos atentados.

O “Tourist guy” é um turista que supostamente teria sido fotografado no alto de uma das torres do World Trade Center alguns segundos antes do ataque terrorista. A fotografia, produto de uma montagem simples em programas de edição de imagem, circulou primeiramente através de e-mails e depois foi reproduzida em diversos sites.

Um dos pontos principais que ajudou a desvendar a farsa está na própria roupa de Waldo. Ele está todo encasacado, numa foto tirada durante o inverno. Entretanto, o dia 11 de setembro de 2001 fazia calor em Nova York já nas primeiras horas da manhã e a estação do ano era o verão.

A foto do “turista da morte” circulou tanto que acabou se tornando um dos primeiros memes da internet: sua imagem passou a aparecer em montagens de outros eventos catastróficos da história, como batalhas da Segunda Guerra Mundial, a iminência da explosão das bombas atômicas no Japão, a queda do Muro de Berlim etc.

A história do “Tourist guy” serviu para que muitas pessoas abrissem os olhos e entendessem que a internet pode trazer informação de primeira linha, em primeira mão, mas nem sempre algumas informações são totalmente fidedignas e confiáveis.