sábado, 7 de setembro de 2013

Você conhece o verdadeiro final do clássico “Caverna do Dragão”? Conheça aqui...

Caverna do Dragão” é um dos maiores clássicos ícones dos anos 80 e que marcou a infância de toda uma geração ligada na telinha. Baseada em um famoso jogo de RPG, “Dungeons and dragons”, o desenho animado possui 27 episódios divididos em três temporadas, exibidos originalmente entre 1983 e 1986 pela rede norte-americana CBS. O maior detalhe, com mais especulação, diz respeito ao último episódio da série; sobre ele há vários boatos, várias farsas, mas pouca verdade. No post de hoje vamos conhecer o verdadeiro episódio final de “Caverna do Dragão”.


Apesar do enorme sucesso em todo planeta, a série foi cancelada sem que houvesse uma solução para a história, o que fez surgir tanta especulação. Vale dar nota que é extremamente comum, nos Estados Unidos, que programas sejam cancelados de uma hora para outra, sem que os nós da história sejam desatados. Em 1999, o produtor de “Caverna do Dragão” deu uma entrevista exclusiva à revista “Herói 2000” e disse: “Em 1985, a equipe responsável pelo desenho se reuniu com os executivos da temporada seguinte. Os seis jovens – mais velhos e mais experientes – seriam chamados de volta ao mundo da Caverna do Dragão pelo Mestre dos Magos. Foram concebidos três scripts do desenho, e eu até aprovei um deles. Mas algumas dificuldades surgiram. A D&D Corp. fechou e a CBS com a Marvel decidiram não continuar mais com o desenho. A nova série foi cancelada antes mesmo de ser produzida”.

A Saban Entertainment Inc. detinha os direitos da série quando, em 1996, uniu-se à Fox Children’s Productions, criando a Fox Kids Worldwide. Em 2001, o grupo foi absorvido pela The Walt Disney Company, renomeando-o BVS Entertainment e, consequentemente, adquirindo os direitos de “Caverna do Dragão”. Recentemente, a Mill Creek Entertainment comprou os direitos da série.


Alguns fatos curiosos...
1) A abertura do primeiro ano da série (que nunca chegou a ser exibida pela Rede Globo) mostra um grupo de seis jovens em um parque de diversões embarcando em uma montanha-russa chamada “Dungeons & Dragons”. Contudo, durante o passeio, um portal se abre e transporta as crianças para outro mundo, chamado simplesmente de “O Reino”, no qual o grupo já aparece trajando outras roupas e recebendo logo em seguida armas mágicas de alguém que se apresenta como o Mestre dos Magos. A partir daí, os jovens passam por diversas aventuras buscando voltar para casa.

2) Uma das suposições criadas na internet foi de que, na realidade, os jovens morreram num acidente nesta montanha-russa e estariam, na verdade, no limbo (ou purgatório) tentando voltar para casa, enquanto o Vingador e o Mestre dos Magos seriam a mesma entidade – que brinca com as almas dos jovens –, enquanto que Uni e Tiamat seriam bons seres que tentam mostrar aos jovens que não há como voltar para casa, enquanto eles não percebem que estão mortos. Entretanto, o produtor da série, Gary Gygax, esclareceu na entrevista à revista que isso é teoria da conspiração justamente pela série ter sido cancelada sem um ponto final.

3) Apesar do aspecto feudal – vilas, castelos, servos etc. –, o produtor do desenho animado afirma que houve a preocupação de não fazer nenhuma referência a igrejas, capelas, religiões ou deuses, a fim de evitar que grupos religiosos se sentissem, porventura, atacados ou desmoralizados.

4) O nome verdadeiro de Presto, o pequeno mago, é Albert. Além disso, o Vingador tem uma irmã chamada Karena. Outro ponto curioso é que Tiamat, o dragão de cinco cabeças, na realidade é fêmea.

5) Em 1985, um comitê norte-americano contra a violência na televisão tentou censurar o desenho “Caverna do Dragão” por achar o nível de violência muito grande e conteúdo controverso. Os membros do comitê achavam que o seriado possuía conteúdos dúbios demais.


Réquiem: o episódio final de “Caverna do Dragão”...
Réquiem” é o título do episódio final da série animada. Foi escrito pelo roteirista Michael Reaves. Dos 28 episódios de “Caverna do Dragão”, este foi o único que não foi produzido, embora tenha um roteiro oficial – que pode ser consultado na internet, no site oficial de Reaves. O episódio relata os acontecimentos finais da jornada dos jovens heróis aprisionados em uma fantástica e perigosa dimensão em busca do retorno ao seu próprio mundo.

Por conta da falta deste último episódio é que surgiram tantas teorias sobre a vida e possível morte dos jovens na montanha-russa. Entretanto, quando Reaves tornou público o roteiro ficou possível visualizar todo o panorama da história e entender o seu verdadeiro final.

No enredo verdadeiro do final, Mestre dos Magos e Vingador se encontram sozinhos e o vilão propõe um desafio; Mestre dos Magos revela, então, que o Vingador é seu filho, um dia foi bom e acabou sendo dominado pela ganância e pelos “espíritos das sombras”. Além disso, revela-se que Tiamat foi quem arrancou um dos chifres do Vingador. Depois, o Vingador aparece para os jovens oferecendo a eles uma proposta: se eles fossem capazes de cumprir uma tarefa, que consistia em chegar a um monumento no centro do Reino e lançar uma determinada chave em um abismo infinito que lá se encontrava, ele os levaria para o seu lar, e provando que tinha poder para tal, faz aparecer diante deles um portal para o seu mundo, e depois desaparece.


Os meninos discutem e dividem-se em dois grupos: Eric, Sheila e Presto confiam na proposta do Vingador e deixam Hank, Bobby, Diana e Uni (que discordaram em obedecer o Vingador) para trás. Enquanto isso, a equipe de Hank encontra um dragão pacífico e o utiliza como transporte para chegar ao Centro do Reino antes de Eric e os outros, a fim de impedi-los de obedecer ao Vingador.

No centro do Reino, novamente Vingador e Mestre dos Magos se encontram, aguardando a chegada dos garotos. Na entrada para o monumento, os amigos se reencontram com muita alegria, mas logo discutem e se dividem novamente, pois ambos os grupos continuam com as mesmas intenções. Mais adiante, num salão, com aspecto de uma catedral onde aconteceria o desfecho final da luta, Vingador e Mestre dos Magos aguardam a chegada dos meninos. Há no lugar uma parede destruída que fica aberta ao abismo infinito citado pelo Vingador e um sarcófago no meio do lugar, e o Vingador olha com desprezo para a nobre figura de uma pessoa parada à porta do Sarcófago. Eles deixam o local, enquanto os meninos entram.

Sheila encontra uma fechadura no local, mas não sabe o seu significado. Os outros olham para o sarcófago e ao avistarem a nobre pessoa à porta dele deduzem que, exceto pelos detalhes da aparência diabólica, seja o Vingador. Mesmo não compreendendo, abrem o sarcófago e lá encontram a chave. Eric então tenta atirá-la no abismo ao lado, mas novamente é impedido por Hank.

Neste momento, surge o Vingador e diz a Eric para lançar logo a chave ao abismo ou ele nunca voltará para casa. Mas surprendentemente, Eric ao invés de obedecer ao vilão, corre em direção à fechadura encontrada por Sheila. O Vingador tenta impedi-lo com seus raios, mas Eric se defende com seu escudo e consegue colocar a chave na fechadura, abrindo uma espécie de porta. Do interior dela saem inúmeros feixes de luz, que se espalham por todo o Reino, abrindo portais para mundos maravilhosos aonde quer que eles caiam, e várias criaturas entram pelos portais e abandonam o Reino. Os raios de luz também destroem o covil do Vingador.

A luz também atinge o Vingador, que se transforma na figura do nobre homem antes visto à entrada sarcófago: um cavaleiro de alta estirpe e bom coração. Hank diz que a missão deles no Reino era redimir o Vingador, e não derrotá-lo. Logo, surge o Mestre dos Magos, a quem o redimido Vingador chama de pai. Então, o Mestre dos Magos faz aparecer um portal para o mundo dos garotos, dizendo que eles estão livres para voltar para casa, ou se assim o quiserem, continuar no Reino, onde ainda haveriam muitas aventuras a serem vividas e muito mal a ser enfrentado. A cena entre eles termina com as crianças e Uni felizes em frente ao portal, prestes a tomarem sua decisão, com o Mestre dos Magos de um lado do portal e o redimido Vingador de outro.


No final, descobrimos que a história de eles estarem no limbo não passa de uma farsa criada por fãs. Na realidade, nem sabemos se os seis jovens retornam, ou não, para casa. O desenho termina com uma dúvida: será que eles retornaram para casa, ou não?