quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Que diabos são as EVP’s?!

Quem acompanha alguns dos programas do SyFy, tais como “Destination truth”, “Fact of faked” e, principalmente, “Ghost hunters” reparou que frequentemente falam em sessões de EVP (às vezes nas legendas aparece a sigla FVE). Isso significa “electronic voice phenomena”, ou “fenômeno da voz eletrônica” e é muito recorrente na paranormalidade para captar sem intencionalidade sons semelhantes à fala, mediante perguntas do interlocutor.

As sessões de EVP são bastante controversas, mas os pesquisadores a utilizam supostamente para se comunicar com espíritos que vagam determinados lugares assombrados. Trata-se de ligar um equipamento (um gravador eletrônico) e fazer as perguntas com total atenção e tranquilidade. O microfone eletrônico seria capaz de captar sons de frequências físicas que nossos ouvidos não são capazes de perceber, por isso a análise pós-gravação é muito importante.

Alguns cientistas e céticos afirmam se tratar apenas de transmissões de rádio dispersas e ruído de fundo, porém, muitas pessoas afirmam que estes sons são de origem paranormal e que os sons audíveis são na realidade as vozes dos espíritos de pessoas mortas a comunicar com o mundo dos vivos.

No Brasil, no final da década de 1970 que a EVP tornou-se mais conhecida, sendo estudada por vários cientistas renomados e pesquisadores independentes ligados ao espiritismo. Até a segunda metade da década de 1990 eram ministrados cursos temáticos e observação em conjunto de gravações. Mas nos Estados Unidos que há pesquisas de campo mais fortes e exemplos mais contundentes.

Apesar dos vários casos que deixam todos de boca aberta, muitas sessões são na verdade transferência eletromagnética e de comunicação, como frequência de rádio e sinais de televisão captados por rádios, gravadores e televisores.

Vale ressaltar que, de acordo com os estudiosos em paranormalidade, as vozes captadas nas EVP’s não são espíritos vindos do céu ou do inferno, mas sim pessoas que estão com a alma perdida por aí esperando uma forma de se libertarem da terra para encontrarem o descanso eterno, ou terem a punição merecida.

O fato é que as pesquisas dos fenômenos das vozes eletrônicas continua, mas graças às fraudes comuns e ao ceticismo por parte da comunidade científica fica difícil criar um paralelo que dê credibilidade à maioria, principalmente quando estes estudiosos estão na televisão fazendo programas de caça a monstros em lugares perdidos do planeta.

Há muitos exemplos de EVP’s no You Tube, mas nenhum em português para que eu possa postar aqui na qualidade de exemplo. Quem souber inglês o suficiente, fica a dica e muito boa sorte!